Sorriso Gengival é quando a gengiva superior fica exposta demais quando a pessoa sorri. O excesso de gengiva pode comprometer a proporção entre gengiva, dente e lábio, comprometendo assim a harmonia do sorriso.

Esta situação não causa risco nenhum à saúde do paciente, o único problema pode ser o desconforto estético. O problema pode ser genético ou pode se desenvolver durante o período de crescimento da pessoa devido ao alongamento da face. Ou ainda através de inflamações na gengiva ou uso de alguns medicamentos.

É preciso uma avaliação do dentista para descobrir como tratar tal desconforto.

  • Gengivectomia e gengivoplastia: cirurgia em que o excesso de gengiva é removido visando restabelecer o contorno harmônico da margem gengival, expondo mais a coroa clínica dos dentes.
  • Cirurgia ortognática: é uma solução definitiva em que a altura da maxila é diminuída.É realizada em ambiente hospitalar após o adequado preparo ortodôntico.
  •  Aplicação de toxina botulínica (Botox e outras marcas): Com uma pequena aplicação de cada lado da face, o músculo responsável por tracionar o lábio superior para cima e, consequentemente expor a gengiva em demasia, recebe um bloqueio químico e tem sua atividade diminuída. Este tratamento não é definitivo, pois a toxina deve ser reaplicada de 4 a 6 meses, aproximadamente.